7 fatos que você deveria conhecer sobre a pimenta

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

Pimentas2

As pimentas são bastante conhecidas e apreciadas em muitos lugares do mundo,  porém,  muitas pessoas não tem o hábito de consumi-las devido a ardência que as mesmas apresentam.

O que muitas pessoas não sabem é que existem vários tipos de pimenta, desde as mais ardidas até as de sabor suave, outro fato importante, é que a pimenta faz bem para saúde, então o que acha de incluí-las na sua alimentação?

Vamos conhecer algumas curiosidades sobre a pimenta??

  1. Origem da pimenta

Sua origem ainda é um mistério, alguns estudiosos afirmam  que essa planta veio do México,  outros dizem que sua origem é a China e alguns acreditam que o consumo da pimenta teve início na Índia. A teoria mais aceita é que o cultivo da pimenta teve início em 7500 a.C.  em terras  mexicanas. Será mesmo o México o país que deu origem a esta planta?

  1. Ardência

Muitas pessoas acreditam que é a responsável pela ardência é a semente, porém isso é um mito criado pela população, a substância responsável pela ardência da planta é uma substância chamada capsaicina,  que é a forma de defesa contra bactérias e fungos das pimentas,  a parte da planta que mais absorve essa substância é a semente,  por isso ardência concentra-se mais nessa parte;

Pimenta Bhut Jolokia

Pimenta Bhut Jolokia

  1. A água diminuir o ardor?

Não, a água não é capaz de diminuir o ardor causado pela pimenta, pois a capsaicina não é solúvel em água,  a substância capaz de diminuir essa sensação é a caseína, encontrada no iogurte e no leite;

  1. Sabor e Nutrição

A pimenta não serve somente para dar sabor aos alimentos, mas também ajuda na saúde do corpo por ser um poderoso antioxidante e fonte de potássio, ferro, magnésio e vitaminas;

  1. Países onde mais se consome pimenta

A pimenta tornou-se um dos principais ingredientes em vários países do mundo, porém alguns levam o título de países que mais consomem este alimento.  Pesquisas indicam que o México e a Índia são os países com mais consumidores, porém este tempero já se espalhou por vários lugares do mundo tornando-se parte da culinária de muitos lugares, dando sabor aos mais variados alimentos;

pimentas

  1. Escala de ardência das pimentas

A escala que mede a ardência das pimentas chama-se escala de Scoville e foi criada pelo farmacêutico Wilbur Scoville em 1912. Ela vai de 0 a 16 bilhões, tendo números como 2500 a 8000 para a Jalapeño, 50000 a 100000 para a Malagueta, 1400000 para a Trinindad Scorpion e 16 bilhões para a substância conhecida como Resiniferatoxina;

  1. Principais tipos de pimentas utilizadas no Brasil

No Brasil também se criou o hábito de utilizar a pimenta no preparo dos mais diversos pratos, as mais utilizadas aqui são: malagueta, dedo de moça, biquinho, caiena, do reino, entre outras, algumas mais fortes e outras mais suaves agradando praticamente todos os gostos.

Até a próxima!!

Fontes: Site de Curiosidades, Guia dos Curiosos, Mais Curiosidades, Panelaterapia, Jardim de Flores