7 fatos que vocês deveria conhecer sobre o filme “O Grande Ditador”

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

download5151

Em 1940, Charlie Chaplin lançava o filme “O Grande Ditador”, nesse filme, protestava contra o regime nazista. Veja agora 7 fatos que você deveria conhecer sobre o filme “O Grande Ditador”:

1. Charlie Chaplin teve a ideia de fazer o filme “O Grande Ditador” quando o seu amigo Alexander Korda, reparou que havia uma semelhança entre Chaplin e Adolf Hitler. Entre eles ainda haviam várias coincidências, ele e Hitler nasceram com apenas uma semana de diferença, tinham praticamente a mesma altura e peso e ainda nasceram na pobreza e depois ascenderam;

2. Quando Chaplin anunciou a produção do filme, a Inglaterra afirmou que iria banir o filme. Na época o país executava a sua política de apaziguamento e não queria complicações com os alemães. Na época do lançamento do filme, a guerra já havia começado. Nesses novos termos, o filme acabou sendo usado para propaganda contra o regime nazista;

download (9)

3. O filme foi financiado de forma integral por Chaplin, e acabou sendo o seu maior sucesso de bilheteria;

4. Após o seu lançamento, o filme foi proibido em quase todos os países ocupados ou simpatizantes da Alemanha nazista. Após conseguir uma cópia, um grupo de resistência dos Balcãs exibiu o filme em um cinema militar alemão, no lugar da comédia que seria originalmente exibida, sem o conhecimento do público, que em parte, era formado de militares germânicos. No momento em que se deram conta de qual era o filme que estavam assistindo, alguns dos militares dispararam contra a tela, enquanto outros deixaram o local contrariados;

download (10)

5. Chaplin era extremamente perfeccionista, e tentou várias formas diferentes para reproduzir o som do motor de um avião, depois de não conseguir, a solução encontrada por um dos técnicos de som foi ir até um aeroporto e gravar um avião;

6. Chaplin pisca menos de dez vezes durante todo o discurso final, que dura cinco minutos;

7. Segundo relatos, Chaplin ficou cada vez mais desconfortável em interpretar Hitler à medida que tomava conhecimento de seus atos na Europa, tempos depois, ele disse que se soubesse o que ocorria na Europa, não teria feito graça com tamanha insanidade homicida.

Até a próxima!!

Fontes: Adoro Cinema, TCM, PRI