A batalha de Los Angeles – 1942

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

 

fa_248_battlela1a_970

Hoje vamos voltar até a Segunda Guerra Mundial e falar sobre uma batalha que se deu entre as forças de defesa antiaérea dos Estados Unidos e uma força desconhecida até os dias atuais. Esse episódio ficou conhecido de forma mundial como a Batalha de Los Angeles.

No ano de 1942, o povo norte americano ainda se recuperava do choque que havia sido o ataque surpresa das forças japonesas a base naval de Pearl Harbor, além de várias outras derrotas sofridas logo em seguida e grande parcela da população tinha fundado receio de que os japoneses poderiam atacar em solo continental da mesma forma como fizeram no Havaí pouco tempo antes.

Deve ser citado também que apenas um dia antes, um submarino japonês atacou uma instalação petrolífera na costa da Califórnia, aumentando o nível de tensão dos moradores da Costa Oeste dos EUA.

download (3)

Na madrugada entre os dias 24 e 25 de fevereiro de 1942, as forças de defesa antiaérea da cidade de Los Angeles, no estado da Califórnia, foram alertadas da existência de aeronaves sobrevoando a área. Iluminaram o céu com canhões de luz e abriram fogo contra o que acreditavam se tratar, aviões da marinha imperial japonesa, mas o tempo passou, aproximadamente 1400 projeteis foram disparados, nenhuma suposta aeronave foi atingida e a ameaça se dispersou.

Como saldo final da reação a ameaça, restaram seis mortos, três devido aos estilhaços das munições utilizadas para repelir a suposta ameaça e três de ataque cardíaco devido ao medo pelo qual passaram os moradores das redondezas.

No dia seguinte, os jornais queriam saber o que havia ocorrido durante a noite, mas os militares não possuíam nenhuma resposta concreta. Haviam relatos de apenas uma luz no céu, haviam relatos de várias luzes, demonstrando que os relatos das testemunhas eram extremamente desencontrados.

Várias testemunhas e até de emissários do próprio governo davam várias versões diferentes sobre o ocorrido, trazendo ainda mais dúvidas acerca do episódio. Isso foi se alastrando e aumentando de tamanho até que o secretário da marinha norte-americana disse que tudo não passou de um alarme falso. Devido a tais declaração, os jornais rapidamente suspeitaram que o governo tentava acobertar alguma coisa que teria ocorrido.

1945version600

No dia seguinte, o secretário da guerra declarou que o ataque teria sido direcionado a várias aeronaves japonesas que haviam sido lançadas através de submarinos, mas que nenhuma havia sido abatida.

O tempo transcorreu e apesar de vários habitantes acreditarem que o ataque se dirigiu a naves extraterrestres, nada se falava sobre o estranho acontecimento. Hoje em dia existem várias correntes de pesquisadores que se formaram em torno do episódio, sendo que as duas mais fortes são:

Os ufólogos acreditam que o que ocorreu no caso em questão foi uma aparição de um OVNI, existem inclusive relatos de que o projéteis explodiam ao redor do aparelho/luz, mas não lhe causavam qualquer dano.

Pesquisadores influentes acreditam que tudo não se passou de uma histeria coletiva, onde os amedrontados cidadãos ficaram desesperados ao ver algum fenômeno meteorológico ou mesmo sem ver nada e alertaram as forças de defesa, que não quiseram brincar em serviço e atacaram imediatamente aquilo que os ameaçava.

A versão oficial perpetuada após os momentos iniciais, é a de que o que ocorreu foi apenas um erro de julgamento, provavelmente o que estava sendo atacado era um simples balão meteorológico ou seja, tudo não passou de um alarme falso.

E você caro leitor, acredita na versão oficial ou acha que foram japoneses que estavam atacando o território americano naquela noite? Ou seriam na verdade extraterrestres que resolveram visitar o nosso planeta e foram recebidos à bala?

Fontes: Mega Curioso, Assombrado, Ceticismo Aberto, Birds Of Steel