A fantasmagórica batalha do Forte William Henry

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

fwh

Locais de batalhas onde ocorreram grandes massacres são reconhecidos como locais onde são relatadas aparições de fantasmas ou onde fatos sobrenaturais acontecem. O local sobre o qual vamos falar hoje tem exatamente essa característica, conheça a história do Forte William Henry.

Construído no ano de 1755 pelo governo Inglês, o forte Willian Henry tinha o objetivo de proteger a fronteira britânica em sua colônia na América do Norte, e ficava nas margens do Lago George, no território onde fica o estado de Nova York. O forte também servia para lançar ataques contra os fortes franceses que ficavam na colônia de Nova França.

No dia 3 de agosto de 1757, a forças francesas realizaram um ataque ao forte, 6 mil soldados e 1,6 mil nativos americanos eram comandados por Louis Joseph de Montcalm. No Forte haviam apenas 2500 soldados ingleses comandados por George Monro.

Fortwhl

O cerco que se seguiu não durou muitos dias. Durante a resistência, o comandante Monro interceptou uma mensagem de Daniel Webb, que era o comandante do exército britânico na colônia de Nova York, que dizia que seria impossível enviar reforços para auxiliar os soldados que guarneciam o forte. Com essa situação, George Monro entregou o forte os franceses com a promessa de que as vidas de seus soldados e dos civis que se encontravam sitiados seria garantida e que poderiam sair com suas armas sem serem atacados.

Apesar da promessa. o que se viu a seguir foi um massacre, os americanos nativos que haviam se aliado aos franceses atacaram impiedosamente os soldados e os civis. Aqueles que sobreviveram foram levados como escravos. Em alguns casos, os escravos tiveram de ser comprados dos nativos pelo próprio governo da Nova França, sendo em seguida devolvidos ao governo britânico.

Os soldados franceses tomaram o forte logo em seguida e o destruíram, retornando para o seu território. Muitos dos soldados ingleses que estavam aquartelados no forte, haviam contraído varíola, que em seguida foi disseminada pelas tribos indígenas.

A reconstrução de uma réplica do forte ocorreu na década de 1950, nessa época, escavações revelaram os restos mortais de inúmeras pessoas que haviam defendido o forte, revelaram também, como foi brutal a perseguição àqueles que haviam se rendido.

Após a construção, muitos relatos de avistamentos de soldados pelo local foram divulgados, bem como, de objetos que se movem sem uma explicação por espaços desocupados do forte. Outros relatos dão conta de que pode se ouvir o som do vento mesmo com a ausência dele. Também podem-se ouvir passos sem que ninguém esteja por lá.

Ao longo dos anos também se acumulam relatos sobre as luzes ligarem e desligarem sem que haja qualquer pessoa operando iluminação ou mesmo qualquer problema na energia elétrica.O forte hoje é aberto à visitação pública e não é raro encontrar relatos de pessoas que sentiram uma atmosfera pesada no local ou até mesmo sentiram a presença de alguém ou a incômoda sensação de estar sendo observado.

E você? Acredita que locais onde ocorreram grandes tragédias, como Forte William Henry podem deixar as pessoas presas eternamente? Ou será tudo uma simples ilusão criada pelo nosso próprio cérebro por estarmos em um local onde ocorreu algo tão triste?

Até a próxima!!

Fontes: US History, Spark Notes, Minilua, Listverse, Fort Willian Henry