O acidente nuclear de Tomsk 7

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

RU_Tomsk_001

A antiga União Soviética ficou famosa não só pelo seu enorme poderio militar mas também por um enorme número de mistérios que escondeu dentro de sua cortina de ferro e que foram gradualmente sendo revelados depois de sua queda. No artigo de hoje vamos falar de um dos moiores mistérios da época: O acidente nuclear de da cidade secreta de Tomsk 7.

A cidade de tomsk 7 recebeu esse nome entre 1954 e 1992, passando a partir de então a chamar-se seversk. Durante o período anterior à abertura política, não constou em nenhum mapa, pois abrigava vários reatores nucleares, fábricas de beneficiamento de produtos nucleares e armas nucleares.

A cidade fica a mais de 3 mil quilômetros da capital russa, na região conhecida como Sibéria, e apesar de ter ocorrido depois da alteração do nome da cidade, o acidente passou a se chamar ” O acidente nuclear de Tomsk 7″.

41_big

Em 6 de abril de 1993, uma solução de ácido nítrico estava sendo despejada em um tanque para separar o plutônio do combustível nuclear exaurido. Em seguida, o ácido reagiu com o urânio e o plutônio, gerando a reação em cadeia e uma enorme explosão. O evento causou uma contaminação de uma área de 120 quilômetros quadrados ao redor da cidade e uma queda de neve radioativa que deixou a área com radiação 100 vezes maior do que o aceitável. Classificando o evento no nível 4 na Escala Internacional e Eventos Nucleares e Radiológicos, em seguida o acontecimento foi considerado um dos 10 piores da história pela revista Time.

Devido a todo o mistério envolvendo a energia nuclear na Rússia, algumas fontes afirmam que esse foi o único acidente nuclear do tipo já ocorrido no solo, tanto da URSS, quanto da Rússia. Outras fontes citam um total de 23 acidentes semelhantes em vários pontos do país, alguns mais graves e outros menos, mas todos causando algum tipo de contaminação ao meio ambiente.

tom29

Com a passagem do tempo, as atividades foram retomadas e, pelo isolamento da cidade e pelos altos níveis de radiação do local, existentes não só pelas atividades desenvolvidas, bem como pelo enorme quantidade de lixo nuclear descartado na área, a cidade é considerada uma cidade fechada, onde só é possível a visitação após convite e autorização governamental.

Até a próxima!!

Fontes: Listverse, Mega Curioso, Nuclear Risks, WMSYM, Assombrado