O mistério do NC16002

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

 

bermuda2_i000118

Essa é mais uma postagem que trata de um misterioso desaparecimento ocorrido no local mais estranho do mundo, o Triângulo das Bermudas. Hoje vamos falar de um DC 3 de matrícula norte americana  que desapareceu em uma viagem entre San Juan em Porto Rico e Miami no estado da Flórida. Conheça hoje a história do desaparecimento do NC16002.

O voo final do NC 16002 ocorreu em 28 de dezembro de 1948 e na ocasião era comandado pelo piloto Robert Linquist e tinha por co-piloto Ernest Hill, na cabine de passageiros havia a comissária Mary Burke, responsável pelos 29 passageiros.

Durante as verificações anteriores a decolagem, Linquist observou que as luzes de advertência do trem de pouso estavam defeituosas e as baterias do aparelho estavam descarregadas, mesmo assim, recusou-se a aguardar para a substituição dos equipamentos e resolveu recarregar as baterias com os geradores do avião em voo.

Na extremidade da pista 27, Linquist não pode realizar a decolagem pois tinha problemas em seu sistema de rádio devido a estar com as suas baterias fracas, com isso em mente, combinou com as autoridades do aeroporto que iria sobrevoar a cidade de San Juan até que as suas baterias estivessem carregadas. O procedimento de sobrevoo durou aproximadamente 11 minutos e a partir de então o voo pode prosseguir até o seu destino.

Douglas_DST

O tempo estava bom e havia boa visibilidade em rota. Nos períodos posteriores, foram captadas várias transmissões provenientes do NC16002, tanto em Miami quanto em New Orleans, no entanto, se tratavam de transmissões de rotina. Um dos fatos intrigantes em relação a esse voo diz respeito ao fato de que várias transmissões de rádio foram ouvidas pelo controle aéreo de Nova Orleans, a quase 1000 quilômetros de distância de Miami e principalmente pelo fato de que o avião estaria a apenas 100 ou 200 quilômetros de Miami.

No meio da noite, nada mais foi ouvido nem se conseguiu qualquer espécie de comunicação com a tripulação. A partir de então, o mistério apenas aumentou, a área de busca era enorme, pois se suspeitava que o avião estivesse desviado de sua rota, mas passado o período de busca, nada foi encontrado.

A partir de então o DC3 passou a ser citado entre os casos que ocorreram no Triângulo das Bermudas, uma vez que nenhuma causa pode ser apontada para o desaparecimento do aparelho. Assim, várias teorias ligadas ao Triângulo das bermudas começaram a tomar forma, mas nenhuma delas logrou êxito em explicar os eventos que levaram o Douglas DC 3 NC16002 a desaparecer em mais uma viagem de rotina.

Até a próxima!!

Veja Também: Triângulo das Bermudas, o local mais estranho de nosso planetaO misterioso Voo 19 e O desaparecimento do Marine Sulphur Queen

Fontes: Aviation Safety, Bermuda Attractions, How Stuff Works,