O que é o Aquífero Guarani??

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

 

Aquiferoguarani

A água é um dos itens mais importantes para a manutenção da vida na Terra, e mesmo sendo cada vez mais poluída e mais escassa, não temos criado a consciência necessária para a sua preservação, mesmo tendo em nosso país alguns dos maiores cursos de água doce e reservatórios subterrâneos e superficiais. Por exemplo, um dos maiores reservatórios existentes em nosso planeta tem boa parte de sua área abaixo de nosso território: o Aquífero Guarani. Conheça hoje um pouco sobre o Aquífero Guarani.

 

O Aquífero Guarani é o maior manancial subterrâneo de água do mundo a ocupar área de mais de um país. Na verdade ele ocupa área de quatro países, Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai. Só para se ter uma ideia da área, no Brasil, ocupa áreas de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

images (10)

A primeira vez que a Expressão Aquífero Guarani foi utilizada, foi em 1996, o termo foi proposto pelo geólogo uruguaio Danilo Anton, com a ideia de homenagear o povo indígena Guarani, habitante da área. Segundo estimativas, o aquífero começou a se formar no período Triássico, Jurássico e Cretáceo Inferior, entre 200 a 132 milhões de anos atrás e possui um volume de 45000 KM³, formados ao longo dos anos. Para se ter uma ideia, o seu volume poderia abastecer toda a população brasileira por mais de 2 mil anos.

 

Apenas no estado de São Paulo, o Aquífero é explorado por mais de 2000 poços mas todos os outros locais que ficam acima do reservatório também possuem os seus poços, em geral, a água retirada de lá, tem boa qualidade e sustenta atividades diversas, desde o abastecimento humano e do aproveitamento para a manutenção dos animais até atividades industriais e de recreação.

 

Apesar de ser de boa qualidade em boa parte do aquífero, algumas áreas já apresentam alguma quantidade de contaminação. As principais causas da contaminação são: o uso de agrotóxicos e de resíduos industriais que são absorvidos pelo solo.

 

Até a próxima!!

 

Fontes: Rios Vivos, MMA, UOL, Embrapa