O que foi a Guerra de Canudos

0 Flares Facebook 0 Google+ 0 Email -- 0 Flares ×

download (23)

Um dos conflitos ocorridos na transição entre o período de Brasil Império para Brasil República, a Guerra de Canudos deixou marcas profundas em nossa história e, mesmo mais de 100 anos depois de sua ocorrência, continua a ser lembrada como uma das páginas mais sangrentas de nossa história. Conheça hoje o que foi a Guerra de Canudos.

Era o final do século XIX; a situação da região Nordeste do Brasil era extremamente grave, havia muita fome e miséria, causadas principalmente pelas secas que ocorriam quase todos os anos. Esse cenário não vinha sozinho, junto a ele vinha a violência que era experimentada pelos moradores do interior. Infelizmente, os governos abandonavam as pessoas à sua própria sorte e agravavam mais ainda a situação, em determinadas situações a polícia causava piora no quadro com histórias de mais violência contra os mais pobres.

A gravidade dos acontecimentos, criou um terreno fértil para o crescimento do fanatismo religioso. Em vários lugares nasceram comunidades religiosas que cresciam conforme regras diferentes do resto da sociedade. Uma dessas comunidades foi construída no vilarejo de Canudos por Antônio Vicente Mendes Maciel, ou como ficou mais conhecido pela história, Antônio Conselheiro.

download (25)

A comunidade de Belo Monte, como foi batizada por Conselheiro, cresceu de forma espantosa, sob regras diferentes daquelas que existiam na época e isso assustou as comunidades vizinhas. Republicanos acusavam os conselheiristas de serem monarquistas e que desejavam o fim da república que havia sido proclamada pouco tempo antes.

 

 

Após um mal entendido em relação a compra de uma remessa de madeira na cidade de Juazeiro, iniciou uma cruel e sangrenta guerra civil que tirou a vida de aproximadamente 25 mil brasileiros.

Ao todo, foram quatro expedições enviadas até o Arraial de Canudos, sendo que ao final da última batalha, tombou Antônio Conselheiro, provavelmente em virtude de uma disenteria ou de ferimentos causados por uma granada.

download (24)

Merece destaque a terceira expedição enviada a Canudos, comandada pelo Coronel Antônio Moreira César, que ficou conhecido como o “herói” que executou a sangue frio mais de cem pessoas durante a Revolução Federalista de 1893, a expedição acabou com Moreira César morto em batalha durante um confronto dentro da cidade.

No final da batalha, após receberem a promessa de que teriam a sua vida poupada, muitos moradores saíram do Arraial. Mas na verdade a promessa não foi cumprida e centenas de homens, mulheres e idosos foram executados a sangue frio pelos soldados do exército brasileiro. O final da quarta batalha da Guerra de Canudos é considerado por muitos historiadores como um dos maiores crimes de guerra da nossa história.

Até a próxima!!

Fontes: Só História, História do Brasil, História Bahia, Mundo Estranho