4 casos de coincidências impressionantes

  • por

 

Mais uma interessante compilação de coincidências que marcaram a história ao redor do mundo… Ou será que as coincidências não existem??

  1. Morgan Robertson… Novamente

Você deve lembrar em um artigo anterior falamos sobre o escritor Morgan Robertson e a sua obra “Futilidade ou o Naufrágio do Titan” na qual ele contava a história de um grande navio transatlântico que afundava com grandes perdas de vidas tal qual Titanic, falamos sobre isso no artigo: A previsão do naufrágio do Titanic. Mas o que poucas pessoas sabem é que ele também escreveu outro livro que possui uma grande coincidência com o evento histórico de enorme magnitude.

Em 1914 ele escreveu uma curta história chamada além do espectro, na qual era a narrada uma guerra futura entre os Estados Unidos e o império do Japão. Nessa obra, o Japão não declara guerra contra os Estados Unidos mas ao invés disso lança um ataque-surpresa contra navios dos Estados Unidos que estavam no caminho entre as Filipinas e o Havaí. Anos depois, o Império Japonês realizou o ataque a base naval de Pearl Harbor, fazendo com que os Estados Unidos entrasse na Segunda Guerra Mundial.

Como curiosidade, Robertson escreveu várias obras que influenciaram outros escritores em obras mais modernas e conhecidas, relatos dão conta de que existe influência de Morgan Robertson, o rei das coincidências, por exemplo em obras como A Lagoa Azul e Tarzan;

  1. A música da morte

Parece incrível que uma simples música possa estar ligada a vários casos de assassinato ou mortes estranhas, mas nas Filipinas, onde as pessoas geralmente gostam muito de karaokê, a música do cantor Frank Sinatra, “My Way”, está ligada a vários casos de assassinato. O caso é tão grave que muitos bares de karaokê filipinos proibiram que a canção fosse executada.

Em um dos casos mais emblemáticos, Romy Baligula que na época possuía 29 anos, foi assassinada por um segurança depois de não querer parar de cantar a música;

  1. Coincidências na luta livre

Esse é um caso que divide opiniões, boa parte das pessoas acredita que tenha sido uma infeliz coincidência e boa parte das pessoas acredita que exista algum outro evento perdido na cronologia dos fatos que não tenha saído à luz até os dias de hoje.

Chris Benoit era um lutador profissional de luta livre que em junho de 2007 assassinou toda a sua família e em seguida cometeu suicídio. Ele já havia sido acusado de ser violento com a sua esposa e segundo fontes, estava propenso a ter ataques de raiva. Para muitos, poderia ter problemas com álcool ou danos cerebrais devido as lutas.

A história em si é muito triste, mas o que deixa ela extremamente estranha é o fato de que 14 horas antes que a polícia descobrisse os corpos na mansão de Benoit, a sua página na Wikipédia em inglês relatou a morte de sua esposa. Alteração dizia o seguinte: “Chris Benoit foi substituído por Johnny Nitro para o campeonato do mundo ECW em Vengeance, já que Benoit não estava lá devido a problemas pessoais decorrentes da morte de sua esposa Nancy”.

O homem que realizou a alteração na Wikipédia teve seu computador apreendido pela polícia mas após extensa investigação nada foi descoberto contra ele. Na época o caso foi considerado uma: “incrível coincidência que tivesse sido realizada tal alteração mesmo que não se soubesse que iria ocorrer o crime”.

  1. Três vezes sobrevivente

Sobreviver a um grande desastre já é motivo de felicidade e faz com que as pessoas que passaram por tais eventos repensem as suas vidas. O caso que vamos contar neste item é mais surpreendente ainda.

Se trata da senhorita Violet Jessop, uma camareira nascida na Argentina que trabalhava em seu primeiro emprego no RMS Olympic. Contudo, o momento não poderia ser pior: quando o barco bateu com o cruzador britânico HMS Hawke. Como já falamos aqui, o RMS Olympic era um dos irmãos gêmeos do Titanic. O navio teve grandes avarias foi necessário o seu conserto, mas ele conseguiu voltar em segurança para Southampton.

Menos de um ano mais tarde, a senhorita Violet embarcou no RMS Titanic, trabalhando também como camareira. Incrivelmente, ela conseguiu embarcar em um dos últimos barcos salva-vidas e conseguiu fugir mais uma vez da morte.

Logo após, seguindo as aventuras da senhorita Jessop, em 21 de novembro de 1916, a afortunada Violetta se encontrava no meio do Mar Egeu à bordo do HMHS Britannic, o terceiro navio da mesma classe do Titanic. Esse navio estava em operação de guerra e Violetta estava servindo como voluntária para Cruz Vermelha Britânica. O navio bateu em uma mina e mais uma vez ela teve de fugir para salvar sua vida. Violet sobreviveu a todos esses eventos e posteriormente escreveu um livro sobre sua sobrevivência ao naufrágio do Titanic. Por fim, é importante dizer que ela viveu até 5 de maio de 1971, falecendo com 83 anos;

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Veja também: 5 casos impressionantes de coincidências

As estranhas coincidências entre Lincoln e Kennedy

Mamonas Assassinas – premonição ou coincidência??

Fontes: Listverse, Mega Curioso, Ah Duvido, Mundo Estranho, Minilua