5 Bizarrices da Primeira Guerra Mundial 2

primeira guerra4

Hoje trazemos a segunda parte do artigo sobre os fatos bizarros que ocorreram no período histórico da Primeira Guerra Mundial.

01-ataque-gas-primeira-guerra-mundial-1915-getty

  1. Aprendizado à gás

Um soldado deve receber treinamento que o habilite para a realização de todos os atos que permitam que a tropa possua bom desempenho, mas vários treinamentos bizarros eram utilizados para tal finalidade.

Um dos mais estranhos consistia em enviar os soldados até um quarto fechado, munidos de suas máscaras contra gases e observar se o soldado possuía controle psicológico para permanecer calmo durante um ataque real.

Tal prática trazia riscos à saúde dos soldados, pois vários desses gases eram absorvidos pela pele e traziam prejuízos à saúde de formas até mesmo desconhecidas pelas forças armadas da época.

women-recruiting

  1. Como obter mais recrutas

Um grande desafio das tropas ao redor do mundo é encontrar recrutas com vontade de servir à pátria. Muitas ideias engenhosas foram concebidas com esse intuito.

O Reino Unido, durante o conflito, enviou mulheres jovens às ruas, com o intuito de perguntar aos homens se haviam se alistado e em caso contrário, para causar constrangimento àqueles que não quisessem se alistar.

  1. Colete a prova de nada

Um estranho colete de papel tomou lugar nas trincheiras aliadas durante a Primeira Guerra Mundial. Ele era feito de papel e tinha o objetivo de aquecer os soldados durante os períodos frios.

É óbvio que em uma trincheira úmida o papel não era o melhor material isolante, sendo abandonado por ser inútil.

trincheira

  1. Batalha de xingamentos

No artigo anterior falamos da trégua de Natal. O tema deste item vai exatamente no sentido oposto. Em 1915, um soldado francês relatou que se sentia ofendido com os xingamentos que vinham do outro lado do campo de batalha.

O problema chegava a tal ponto que o Coronel que comandava a região chegou a ordenar que seus soldados não deviam conversar com os alemães. Com isso, muitos soldados sentiram falta de aliviar seu ódio contra os inimigos.

German_mortar_shell

  1. Olha o gongo

Um sinistro som de um gongo era o mais temido por muitos soldados na linha de frente durante a Primeira Guerra Mundial. Ele ocorria quando era detectado um ataque de gás tóxico.

Apos o som ser ouvido, As máscaras contra gás deviam ser colocadas imediatamente e os soldados deviam assumir seus postos e manter a calma. Difícil era não cair em desespero nessa situação.

Até a próxima!

Fontes: Listverse, Info Escola, El Pais, UOL