7 fatos que você deveria conhecer sobre Barrichello

  • por

Rubens Barrichello foi um dos pilotos brasileiros que disputaram a Fórmula 1, chegando até mesmo a representar a equipe Ferrari. Assim sendo, conheça hoje 7 fatos sobre Rubens Barrichello.

  1. Pelo Kart

Como vários outros pilotos, Rubens Barrichello começou sua carreira aos 9 anos de idade disputando corridas de kart;

  1. Com o nome do pai

Em 1989, em um teste para a Fórmula Opel, Rubens Barrichello quebrou o recorde de um circuito italiano. Por isso, na mesma hora, Ângelo Morini, que na época representava a Escuderia Draco, contratou o piloto para disputar o campeonato do ano seguinte.

Entretanto havia um problema: Barrichello não possuía 18 anos exigidos pela lei, e acabou utilizando os documentos de seu pai que coincidentemente possui o mesmo nome e faz aniversário no mesmo dia e mês;

  1. Para a penitenciária

Em 1992, durante uma prova da fórmula 3000, sofreu um terrível acidente, chocando o carro que conduzia contra um guincho que se encontrava nas proximidades da pista.

Ao chegar ao hospital, notou que os outros pacientes estavam com uniformes estranhos e somente depois de um tempo se deu conta de que estava sendo atendido em um hospital penitenciário, já que o estabelecimento era o mais próximo da pista;

  1. Registros

Barrichello disputou 323 grandes prêmios de Fórmula 1 por 6 equipes, esteve em 63 pódios e venceu 11 vezes;

  1. Barrichello contra o Google

Em 2009, o piloto ganhou um processo contra o Google obrigando o site a pagar uma indenização devido as inúmeras piadas contra ele no site de relacionamentos Orkut. Além disso, o site foi obrigado a retirar todo o conteúdo ofensivo sob pena de multa;

  1. Pódio com sambadinha

A primeira vez em que Barrichello subiu ao pódio na Fórmula 1 foi no Grande Prémio de Aida, no Japão, de 1994. Assim, esse também foi o primeiro registro da famosa sambadinha do piloto;

  1. Não ao jogo de equipe

Por certo, todos lembram da vez em que Barrichello foi obrigado pela Ferrari a deixar Michael Schumacher a ultrapassa-lo no fim do Grande Prêmio da Áustria de 2002 devido a um jogo de equipe. Contudo, devido à repercussão negativa que o fato causou, a Federação Internacional de Automobilismo proibiu que isso se repetisse.

Isto é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Fontes: UOL, Terra, Guia dos Curiosos