7 fatos que você deveria conhecer sobre as Linhas de Nazca

  • por

O modo de fazer e o propósito das Linhas de Nazca continuam um mistério até os dias atuais e trazem discussões que envolvem muitas teorias diferentes, sem faltar, é claro, os extraterrestres. Contudo, nem só disso vive o conhecimento acerca delas e o local é muito interessante. Assim sendo, conheça algumas curiosidades sobre elas no artigo de hoje.

  1. Desenhistas com mania de grandeza

Os desenhos foram feitos pela civilização pré colombiana dos Nazca. Ademais, estimativas dão conta de que todos os desenhos foram feitos entre os anos de 450 a 600 d.C.;

  1. Patrimônio mundial

Todo o conjunto de figuras é considerado como um patrimônio mundial pela UNESCO desde 1994;

  1. Área

A área do sítio onde se localizam as Linhas de Nazca totaliza 500 quilômetros quadrados e se localiza no Peru;

  1. Descoberta

Apesar de terem sido feitos aproximadamente 1500 anos antes, as Linhas de Nazca não eram conhecidas até o final da década de 20 do século passado. Foi apenas nessa época, com o início das viagens aéreas comerciais pelos céus do Peru, que alguns passageiros começaram a reportar a existência de algumas linhas que se assemelhavam com figuras, isto é, grandes geoglifos. Somente a partir de então os arqueólogos começaram a estudar aquela área desértica;

  1. Números

Em suma, em toda a área, existem mais de 800 linhas retas, 300 figuras geométricas diversas e 70 figuras representando animais e plantas;

  1. O maior desenho

Surpreendentemente, o maior desenho da área possui o incrível diâmetro de 200 metros e a maior linha reta possui 15 quilômetros;

  1. Lenda

Segundo algumas lendas, foi o deus inca Viracocha que encomendou os desenhos para a civilização Nazca.

Isto é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Veja Também: Por que os piratas usavam tapa olhos??

7 fatos que você deveria conhecer sobre os ninjas

Triângulo das Bermudas, o local mais estranho de nosso planeta

Fontes: Ancient Code, Traveling Type, Superinteressante