7 fatos que você deveria conhecer sobre a MIR

  • por

O período de Guerra Fria ficou marcado pelas corrida espacial e pela grande evolução ocorrida nas tecnologias utilizadas na exploração do espaço. Uma das páginas mais icônicas desse período foi o lançamento da Estação Espacial MIR, em 1986, pela extinta União Soviética. Então, vamos conhecer algumas curiosidades sobre ela??

  1. O nome da estação

O nome escolhido pelos soviéticos significa literalmente “Terra e Paz”. Devemos lembrar que a época estava longe de ser um período de paz, já que a Guerra Fria colocava frente a frente EUA e URSS;

  1. Pioneirismo

Foi a primeira oportunidade de estudar os efeitos da permanecia de longa duração no espaço, tanto no corpo quanto na mente dos cosmonautas;

  1. MIR – Paz na Terra

Apesar de ter sido uma enorme empreitada da União Soviética, a estação espacial recebeu pessoas de vários outros países: Japão, França, Reino Unido, EUA entre vários outros. O primeiro estrangeiro foi o Sírio Muhammed Faris, em 1987;

  1. Caminhando pelo céu

Os cosmonautas da estação espacial MIR realizaram 78 caminhadas espaciais. Tal atividade gastou um total de 359 horas;

  1. Conhecendo o espaço

Surpreendentemente, a estação espacial MIR foi palco de mais de 23 mil experimentos científicos diferentes;

  1. Atraso

Mais de 280 empresas tomaram parte da construção dos módulos da estação. Ela até correu perigo de não ser construída, pois grande parte dos recursos financeiros estavam sendo desviados para o projeto do Ônibus Espacial Buran. O projeto voltou a andar depois que alguns figurões soviéticos se esforçaram para terminar a sua construção;

  1. Vida útil

Nem todo mundo sabe mas, quando foi lançada em 1986, a vida útil estimada da estação era de 5 anos. No entanto, contrariando essas expectativas, a estação foi utilizada por 15 anos.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa nossa página no Facebook para ficar por dentro das nossas postagens!!

Veja também: O mistério dos cosmonautas perdidos no espaço

Fontes: Rússia Beyond, Instigatorium, Cosmonaut Experience