7 fatos que você deveria saber sobre as caixas pretas

caixas pretas

Quando ocorre um grande acidente aeronáutico os noticiários sempre mostram a luta das equipes de investigação para encontrar as caixas pretas, são sem duvida instrumentos de investigação muito importantes e hoje vamos mostrar alguns fatos que você deve saber sobre esses equipamentos que hoje estão presentes na maioria das aeronaves por todo o mundo.

  1. Não é exclusividade

Quando ouvimos falar em caixas pretas, automaticamente associamos o seu uso aos aviões, mas não são somente com eles que elas são utilizadas, em trens e navios elas também estão presentes;

2. Localização estratégica

As caixas pretas ficam localizadas na cauda do avião, e sua posição não foi escolhida à toa. Historicamente, este é o local que mais tem chances de proteger os gravadores de dados em caso de um acidente;

3. Dois tipos de caixa preta

Existem dois tipos de caixas pretas, o Cockpit Voice Recorder, que grava os últimos 30 minutos das conversas e sons da cabine de comando da aeronave e o Flight Data Recorder que grava uma quantidade variável de parâmetros de voo;

4. Primeiramente, um dedo duro

Foram instaladas em aeronaves a partir de 1960 por insistência de seus criadores, pois as autoridades aeronáuticas americanas não viam vantagem em seu uso e os pilotos viam o dispositivo como um dedo duro em relação as suas ações;

caixas pretas

5. Assim como a caixa preta

As pessoas muitas vezes comentam sobre a resistência das caixas pretas e se perguntam porque não se fazem as aeronaves com o mesmo material delas. Essa pergunta é clássica, mas a resposta é fácil, comumente as caixas pretas são feitas de aço ou titânio e possuem resistência capaz de suportar pressões de até 6000 metros embaixo da água e temperaturas de até 1100 graus centigrados pelo período de aproximadamente uma hora. Então, para resistir a tais situações extremas o material de sua composição e extremamente pesado. Em resumo, um avião feito do material das caixas pretas nunca poderia voar;

6. E o porquê da cor

Da mesma forma, outra pergunta que e sempre feita de forma comum é sobre o nome do dispositivo: Por que a caixa preta tem esse nome se ela é da cor laranja?? Essa resposta deve ser buscada nas origens do dispositivo, pois as primeiras caixas pretas eram realmente pretas. Com o passar do tempo e com a experiência adquirida nas investigações de acidentes, observou-se que elas eram difíceis de serem encontradas em meio a metais enegrecidos pela fuligem e fogo. Assim, percebeu-se que a sua cor deveria ser laranja ou vermelha para se destacar no meio dos destroços;

7. O sinal
caixas pretas

As caixas pretas também emitem um sinal para facilitar a sua localização, entretanto, a sua bateria dura apenas 30 dias. Em muitos casos, como no Air France 447, esse tempo não é suficiente para ser encontrada e a procura deve seguir sem esse auxílio. Por exemplo, no caso do AF 447, o acidente ocorreu em 1º de junho de 2009, mas os dispositivos só foram recuperados em maio de 2012;

Conheça a história de um desaparecimento aéreo que nunca foi explicada, permanecendo um mistério até hoje: O misterioso caso do VARIG 967

Isto é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa Fanpage no Facebook!!

Fontes: Terra, Mundo Estranho, Brasil Escola, Força Aérea Brasileira