Como os mamutes foram extintos??

download (4)

Há milhares de anos existiam algumas espécies que são parentes dos atuais elefantes povoando o planeta Terra, tais animais eram chamados mamutes e mastodontes. Os mamutes desapareceram há alguns milhares de anos deixando apenas suas ossadas gigantescas para contar sobre a sua passagem. Mas você sabe o motivo de seu desaparecimento??

Antes de mais nada, é importante entendermos que os pesquisadores divergem sobre a data em que os mamutes deixaram de existir, alguns dizem que mamutes deixaram de serem vistos com vida aproximadamente em 10.000 a.C., outros citam datas mais recentes como 3.600 a.C..

Os motivos de seu desaparecimento também suscita dúvidas entre os cientistas, pois existem várias teorias que tentam explicar o motivo de não vermos mais esses enormes animais entre nós. Entre as teorias, podemos citar as mais conhecidas e aceitas:

A primeira teoria diz que os seres humanos causaram a extinção dos animais pela caça e pela diminuição de seu habitat. Os grupos humanos da época utilizavam os mamutes não só para sua alimentação bem como para extrair pele, ossos e outras matérias primas.

mamute (1)

Outra teoria diz que mudanças climáticas severas teriam feito com que os animais não tivessem mais alimento suficiente e acabaram se extinguindo. Tal mudança teria ocorrido provavelmente no final da última era do gelo.

Outra teoria diz que os animais teriam sido extintos por algum tipo de doença para qual não teriam imunidade. Os pesquisadores que apontam essa teoria dizem que os últimos mamutes não podem ter sido mortos por seres humanos já que na ilha onde viviam, os seres humanos chegaram no local apenas 100 anos depois de sua extinção.

mamute (2)

Alguns pesquisadores relatam ainda que não foi apenas uma causa que fez com que os mamutes fossem extintos mas sim, uma conjunção de vários motivos diferentes. Tal extinção se processou ao longo de milhares de anos.

E para você?? O que acha que aconteceu com esses fantásticos animais??

Até a próxima!!

Fontes: Terra, Estadão, Info Escola, Sputnik News