O desaparecimento de Elizabeth Canning

  • por

Se por acaso você acompanha o nosso site, deve saber que somos apaixonados pelos mistérios do mundo e falamos deles de forma costumeira. Assim sendo, a postagem de hoje não é diferente já que conta a história de um bizarro e misterioso desaparecimento ocorrido no século XVIII e que permanece até os dias atuais como um dos mistérios mais conhecidos da Inglaterra: O desaparecimento de Elizabeth Canning.

O desaparecimento de Elizabeth Canning

Elizabeth Canning, uma jovem trabalhadora doméstica de apenas 19 anos, desapareceu em 01 de janeiro de 1753 em circunstâncias muito misteriosas. A jovem trabalhava para Edward Lyon e residia em sua casa, contudo, sem ter trabalho naquele dia, passou um tempo com sua família e fez planos para ir às compras com sua mãe depois de visitar Alice e Thomas Coley, seus tios. No entanto, no decorrer do dia, mudou de ideia e resolveu permanecer em sua visita até a noite. Então, por volta das 21 horas, acompanhada por seus tios por cerca de dois terços da viagem, partiu em retorno a casa de seu patrão.

Quando ela não retornou a casa da família de Edward Lyon para dormir, seu empregador foi duas vezes procurá-la na casa de sua mãe. A mãe de Elizabeth enviou seus outros três filhos para procurá-la, enquanto James Lord, um homem que dividia a casa com a família, foi até os Colleys. Os tios da jovem disseram que haviam deixado Elizabeth por volta das 21:30 perto da igreja de Aldgate, em Houndsditch. Na manhã seguinte, mãs e Elizabeth também viajou para a casa dos Colleys, mas sem sucesso, pois Elizabeth ainda estava desaparecida.

A família perguntou aos vizinhos se eles sabiam de seu paradeiro e semanas se passaram enquanto revistavam o bairro em busca da jovem desaparecida. Um anúncio foi colocado nos jornais, várias orações foram lidas em voz alta nas igrejas e nas casas de reunião, mas além do relato de um “grito de mulher” supostamente ouvido em 1º de janeiro, não foram encontradas pistas sobre o desaparecimento de Elizabeth.

O misterioso retorno

Mas o mistério aumentou ainda mais quando Elizabeth Canning retornou de um período de quase um mês desaparecida, em um estado deplorável. Mas o mais impressionante: ela contava que havia sido sequestrada e mantida presa em um celeiro pelo período de seu desaparecimento.

As autoridades realizaram entrevistas e procuraram informações para solucionar o caso e acabaram por processar Susannah Wells, que residia onde Elizabeth afirmou ter sido presa. Logo depois, outra mulher chamada Mary Squires também foi detida sob a mesma acusação.

Logo depois de presas, as duas mulheres foram julgadas e condenadas pelo sequestro e cárcere privado de Elizabeth Canning. No entanto, a sentença não convenceu o juiz Crisp Gascoyne que reiniciou a investigação e realizou a implicação de Canning por perjúrio. Ou seja, o juiz concluiu que Elizabeth havia mentido no julgamento e, por isso, ela teria cometido um crime. Ela foi condenada a um mês de prisão e sete anos de degredo, as condenadas foram perdoadas e livres de qualquer acusação.

A segunda sentença colocou dois grupos antagônicos frente a frente: aqueles que acreditavam na história de Canning contra aqueles que acreditavam que ela havia inventado tudo e seria apenas uma mentira dela. A partir de então, a história se tornou lendária e muitos detetives e apaixonados pelo mistério passaram a se debruçar sobre a estranha história e formular teorias.

Teorias

Além das teorias convencionais que diziam que ela teria simplesmente sido sequestrada ou mentido por algum motivo, existem os mistérios que envolviam o local correto onde a jovem estaria presa, já que nem disso as autoridades tinham certeza; quem havia feito a jovem prisioneira; ou porque toda a trama teria sido conduzida.

De qualquer forma, mais de 250 anos depois do desaparecimento da jovem Elizabeth Canning, não estamos mais perto de descobrir qualquer informação do que já estivemos na época em que ocorreu.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa nossa página no Facebook para ficar por dentro das nossas postagens!!

Veja também: O desaparecimento de Ben PadillaO mistério do desaparecimento de Ilha Eilean Mor

Fontes: The BNA, Listverse