Descendo as Cataratas num barril – a história de Karel Soucek

  • por

Todos nós lembramos da nossa infância quando viemos aquele desenho clássico do que do Pica-pau em que ele tentava descer as Cataratas do Niágara, localizados na fronteira entre o Canadá e os Estados Unidos, em um simples barril de madeira. Então, a partir de tal situação, ocorreriam inúmeras situações absurdas e cômicas. Mas você sabia que alguém já fez isso na vida real?? Assim sendo, no artigo de hoje vamos ver a história de Karel Soucek, que fez essa façanha mas perdeu a vida no mesmo barril que inventou para a descida.

Karel Soucek e a descida das cataratas

O dublê Karel Soucek vivia na cidade de Hamilton, no estado canadense de Ontário, e tinha a ideia de realizar um feito que seria lembrado pelos dias que viriam: descer as Cataratas do Niágara em um barril. Podia parecer uma ideia perigosa e estúpida, e o tempo provou que a ideia não estava muito longe disso mesmo.

A preparação para o feito iniciou-se ainda em 1984, várias tentativas foram feitas para testar barris não tripulados e suas quedas nas cataratas. Por fim, foi fabricado um barril personalizado que tinha 2 m de comprimento e 1,5 m de diâmetro, com uma cor vermelha brilhante e com as palavras traduzidas de forma livre: “Ùltimo dos audaciosos do Niágara – 1984”, em outra inscrição havia a mensagem “não é se você falha ou triunfa, mas se você mantém sua palavra… E pelo menos tenta!”. A última mensagem parecia uma previsão do que iria ocorrer.

A tentativa e a morte

Finalmente havia chegado a hora de realizar a queda pelas Cataratas do Niágara num barril, mas desta vez o barril seria tripulado por Karel Soucek. A data escolhida foi 2 de julho de 1984 e o barril especialmente preparado caiu 300 m com Karel Soucek dentro. Um momento tenso em que o barril é tragado pelas águas confusas que caíam na parte baixa da cascata, é quebrado pelo dublê emergindo, ferido, mas seguro. Logo depois que as autoridades puderam por as mãos em Soucek, ele foi multado em 500 dólares devido a essa tentativa ter sido realizada sem licença das autoridades.

Em 19 de janeiro de 1985, ele tentou realizar um novo feito com o seu mesmo barril, mas dessa vez a sorte parece tê-lo abandonado. Ele foi içado a pouco mais de 60 metros do chão no estádio Houston Astrodome. A sua ideia era que o barril fosse solto e caísse em um grande tanque de água. No entanto, a ideia não deu certo e o barril foi solto antes do tempo atingindo a borda do tanque de água. Ele acabou falecendo logo após a queda.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa nossa página no Facebook para ficar por dentro das nossas postagens!!

Veja também: Roy Sullivan – o homem atingido 7 vezes por raios

* Salvo aquelas que são de domínio público, todos os direitos autorais sobre as obras audiovisuais deste artigo pertencem aos seus proprietários.

Fontes (pesquisa e/ou material audiovisual): Info Niágara, Niágara Falls Info, How Stuff Works, Find a Grave