Qual é o lugar mais quente da Terra??

  • por

O Brasil é um país tropical e algumas de suas regiões atinge em temperaturas relativamente altas, mas todos nós sabemos que mesmo as temperaturas mais altas das cidades brasileiras não chegam aos extremos que são registrados no planeta Terra. Então, a pergunta que responderemos hoje é: qual é o lugar mais quente da Terra??

Qual é o lugar mais quente da Terra??

Para conhecer o lugar mais quente da Terra devemos entender que a medição e sua temperatura ocorreu através de um equipamento chamado Modis, lançado ao espaço pela NASA em 1999. A sua medição consiste em detectar a radiação térmica e quantidade de energia infravermelha emitida por cada local da terra e, por isso, se tornou mais confiável do que os termômetros convencionais.

Deserto Lut

A medição realizada por tal equipamento acabou com inúmeras controvérsias que existiam na época sobre o recorde de temperatura registrada na superfície terrestre e sobre qual local seria o mais quente da Terra. Por fim, o título foi finalmente dado ao Deserto Lut, no Irã. Esse local marcou, em 2005, escaldantes 70,7 °C.

O Deserto Lut é o vigésimo quinto maior deserto do mundo e seu nome significa, em persa: “Terra pelada, sem água nem vegetação”. Isto é uma realidade fácil de ser vista quando observamos as paisagens que compõem o panorama do local que foi escolhido como patrimônio da humanidade.

Se considerarmos os locais habitados mais quentes do mundo temos como campeã a cidade de Al Aziziyah localizada no Deserto da Líbia. Esse local abrasador possui como marca a temperatura de 57,8° C.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa nossa página no Facebook para ficar por dentro das nossas postagens!!

Veja também: Qual é o lugar mais frio do planeta??

* Salvo aquelas que são de domínio público, todos os direitos autorais sobre as obras audiovisuais deste artigo pertencem aos seus proprietários.

Fontes (pesquisa e/ou material audiovisual): Terra, Catraca Livre, Acontece Agora, UOL, Site de Curiosidades, O Globo