O caso das mulheres maoris que buscavam maridos

maori-women

O período de 1914 a 1918 marcou a história por fazer com que o mundo testemunhasse o maior conflito até então registrado. A Primeira Guerra Mundial deixou um saldo de mais de 9 milhões de mortos, com algumas fontes relatando cifras de quase 20 milhões e envolveu países de todos os continentes. Mesmo em meio de tantas histórias tristes, podem ser encontradas histórias interessantes e até mesmo bizarras que envolvem seus combatentes e outras pessoas que se relacionavam de alguma forma com eles e com as frentes de batalha espalhadas em vários locais.

O Povo Maori

Uma das histórias mais interessantes sobre esse período conta sobre o pedido de casamento realizado por três jovens mulheres pertencentes a tribo Maori, da Nova Zelândia. Na época, era comum encontrar nos jornais anúncios de mulheres que procuravam homens para casar entre os combatentes na Europa. Mas esse caso chama a atenção pelo texto que circulou e as exigências que elas incluíam.

As referidas senhoritas queriam três soldados norte americanos, que tivessem seus cabelos ruivos, deveriam sempre utilizar seus uniformes com ” listras amarelas brilhantes e bonitas” e ainda não poderiam ser homens idosos ou que possuíssem bigodes.

primeira guerra mundial

Os candidatos que contassem com a aprovação das pretendentes, deveria ir até a tribo para casar com elas e pelo que tudo indica, deveriam mudar-se para onde as mulheres moravam.

Apesar da publicidade do caso, infelizmente não se pode saber se houve candidatos para o casamento, e se eles aceitaram as condições impostas pelas anunciantes, mas a história que contamos hoje ilustra um pouco de como os costumes mudaram ao longo da história.

Até a próxima!!

Veja Também: O estranho incêndio do edifício Windsor

As estranhas coincidências entre Lincoln e Kennedy

O Caso Taman Shud – O homem de Somerton – Pt 3

7 fatos que você deveria conhecer sobre a Monalisa

Fontes: Listverse, Estude Nova Zelândia, UOL, Sua Pesquisa, BBC