O dilúvio da cerveja de Londres

  • por

A cerveja é uma das bebidas alcoólicas mais apreciadas em todo o mundo e é consumida desde a antiguidade. Muitas pessoas gostam tanto dela que gostariam inclusive de tomar banho em uma banheira cheia dela. Contudo, no artigo de hoje vamos saber que isso não é uma boa ideia. Vamos conhecer a história do dilúvio de cerveja de Londres.

O dilúvio

A nossa história de hoje ocorreu em 17 de outubro de 1814 quando um enorme barril de cerveja, contendo aproximadamente 610 mil litros da bebida. O primeiro rompimento ocasionou uma reação em outros do mesmo tipo que também se romperam lançando um total de 1.470.000 litros de cerveja nas proximidades da Cervejaria Meux and Company, na Paróquia de Saint Giles, em Londres, Inglaterra.

A onda que foi gerada pelo acidente correu pelas ruas e derrubou a parede de um pub local, matando uma funcionária do estabelecimento. Em seguida, matou uma criança e um homem ao entrar em uma casa. Ainda inundou uma sala onde estava sendo realizado um velório e matou cinco pessoas.

Mesmo com tanta tristeza, muitas pessoas tentaram aproveitar a situação para obter algum lucro e foram às ruas com recipientes para recolher alguma cerveja grátis. Com efeito, foi devido à intoxicação pela ingestão excessiva de álcool que morreu a oitava vítima da tragédia. Outros gananciosos cobraram alguns centavos para exibir os corpos de seus familiares, em uma casa onde estava ocorrendo uma dessas exibições, o piso da casa cedeu e os visitantes foram parar no porão, com cerveja até os joelhos.

Parte da comunidade atingida pelo dilúvio de cerveja de Londres

Consequências

Depois do evento, a cervejaria foi levada ao tribunal com o objetivo de responsabilizar os seus diretores pelo acidente mas o juiz e o júri consideraram que a falha na estrutura dos barris e a consequente destruição e mortes que se seguiram foram apenas um “ato de Deus” e assim ninguém foi punido.

Por outro lado, a inundação custou à cervejaria cerca de 23 mil libras (aproximadamente 1.25 milhões de libras hoje). No entanto, a empresa conseguiu recuperar o imposto pago sobre a mercadoria, o que os salvou da falência. Além disso, a empresa também recebeu 7.250 libras (400 mil libras atualmente) como compensação pelos barris de cerveja perdida.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Veja também: Acidente nuclear de Kashiwazaki Kariwa

Fontes: Historic UK, Smithsonian, Papo de Cerveja