O que foi o muro de Berlim

muro

Apesar de muitos não levarem em consideração, a Segunda Guerra Mundial deixou marcas em nossa sociedade. Por isso, até os dias de hoje, temos muitas influências daquele conflito em nosso dia a dia. Um dos maiores e mais conhecidos legados que a guerra nos deixou, foi sem sombra de dúvida, o Muro de Berlim. Mas afinal, o que foi ele??

Primeiramente, é interessante entendermos que o Acordo de Potsdam, firmado entre os aliados durante a Segunda Guerra Mundial, dividiu o território alemão e a cidade de Berlim em zonas de ocupação. De um lado as zonas francesa, inglesa e norte americana, que formaram a República Federal da Alemanha, ou Alemanha Ocidental, que era capitalista e do outro a zona de ocupação soviética, formando a República Democrática Alemã, que era comunista.

O muro de Berlim

muro1

Em princípio, o Muro de Berlim foi uma barreira construída pela Alemanha Oriental para barrar a emigração ilegal que ocorria entre ela e a Alemanha Ocidental. A cidade de Berlim Ocidental, apesar de pertencer à Alemanha Ocidental, por força do acordo firmado entre as potências vencedoras da Segunda Guerra Mundial, ficava totalmente dentro da Alemanha Oriental e era o ponto mais fácil para fugir do mundo comunista. Estima-se que antes da construção do muro, 3,5 milhões de pessoas deixaram a Alemanha Oriental para viver no lado capitalista.

O muro foi construído em 13 de agosto de 1961 e possuía a extensão de 66,5 quilômetros, tinha setores eletrificados e 302 torres de observação na qual ficavam guardas com ordens para atirar e matar qualquer pessoa que tentasse escapar. Em alguns setores existiam cães ferozes treinados para atacar as pessoas que caíssem por ali.

muro de berlim

Mesmo que houvesse vigilância e riscos extremos, muitas pessoas tentaram fugir, pulando o muro, dentro de carros de pessoas com autorização de cruzar a fronteira ou até mesmo em balões caseiros. Apesar de que não se tem a exata quantia de quantos conseguiram realizar a fuga, oficialmente 80 pessoas morreram na tentativa. Esse número de mortos é contraditório, pois o regime comunista não era transparente em relação aos seus dados e suspeita-se que o número de mortos seja muito maior.

Além das pessoas que morreram, outro saldo nefasto do muro é a quantidade de pessoas que passaram o tempo separados de seus familiares. Portanto, durante os anos de sua existência, milhares de famílias ficaram afastadas, sem permissão para se visitarem ou mesmo falarem ao telefone.

O fim do muro

Mas o sofrimento começou ao seu fim em 9 de novembro 1989 após uma mensagem precipitada divulgada por um membro do governo da Alemanha Oriental. Tal comunicação afirmou que seriam abolidas as restrições de passagem pela fronteira. Com essa notícia, o povo foi até os pontos de controle, exigindo a liberação da fronteira, em menos de um ano, a Alemanha estava unificada. Hoje restam algumas partes do que era o antigo muro, com o objetivo simbólico.

muro de berlim

O Muro de Berlim representou fielmente o período da Guerra Fria e as barreiras que foram impostas a população dos países do bloco comunista. Contudo, o seu fim também foi a simbologia do fim da Guerra Fria e do desaparecimento da cortina de ferro.

Isto é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Veja também: O que foi o Massacre da Praça da Paz Celestial  

O que foi a Peste Negra??  

O Show Sangrento de Altamont?? 

O que é um esquema Ponzi??

Curta nossa Fanpage no Facebook!!

Fontes: Info Escola, Estadão, Terra, História do Mundo