Biografia – Quem foi Amelia Earhart??

  • por

Muitas mulheres fizeram história em muitos setores ao desafiar conceitos de sua época e criar novas maneiras de pensar e de agir. A postagem de hoje vai falar de uma dessas pioneiras, vamos conhecer um pouco sobre a biografia de Amelia Earhart.

Amelia Earhart

A importância história de Amelia Earhart não se resume a sua vida na aviação, mas foi nessa atividade que ela executou grande parte dos feitos que fazem com que lembremos dela até hoje. Entre outros feitos, ela foi a primeira mulher a cruzar sozinha o Oceano Atlântico, ainda no ano de 1932, por tal feito, recebeu a The Distinguished Flying Cross. Além disso, ela teve vários outros recordes pessoais ao longo de sua carreira.

Amelia nasceu nos Estados Unidos em 1897, de boa família, demonstrou desde cedo o gosto pelas aventuras e por outras atividades que não eram convencionais para crianças e mulheres da época. Vestia-se de forma diferente de outras crianças de seu tempo e tinha outros gostos. Desde a sua juventude ela admirava as mulheres pioneiras em várias áreas de atuação e tinha inclusive um álbum de recortes com fotos e notícias sobre suas inspirações.

A vida nos ares

Mas foi em 1921 que ela começou a aprender a voar, após o período de treinamento, foi a primeira mulher a voar a 14 mil pés e a 16ª a receber a licença para voar.

Em agosto de 1928, ela se tornou a primeira aviadora a atravessar a América do Norte de ponta a ponta em viagem de ida e volta. Ainda nesse ano ela foi a primeira mulher a atravessar o Oceano Atlântico em um avião, mas como passageira. Mesmo assim ela voltou para os Estados Unidos como uma estrela.

A condição de atravessar o Oceano Atlântico como passageira não contentou uma aviadora audaciosa como Earhart e a levou a realizar o mesmo trajeto como piloto em 1932, com um Lockheed Vega 5B, assim ela se tomou a primeira mulher a atravessar o Oceano Atlântico em voo solo.

A volta ao mundo

Em março de 1935, empreendeu sua primeira tentativa de voar ao redor do mundo, mas não concretizou a aventura devido a problemas técnicos. Em 1937, ela planejou novamente o voo e no início do mês de junho, ela e o navegador Fred Noonan saíram de Miami para um trajeto planejado de pouco mais de 43 mil quilômetros. Depois de várias escalas, prepararam-se para mais um segmento de sua viagem, entre a cidade de Lae, na ilha de Nova Guiné, na Oceania, até a ilha Howland. O Electra 10E de Earhart e Noonan nunca chegou ao seu destino. Naquele momento ainda faltavam mais de 10 mil quilômetros para que pudesse completar o seu intento.

A pioneira foi declarada morta em 1939 e acredita-se que seu desaparecimento ocorreu próximo das ilhas Howland. Apesar de não haver provas contundentes, muitos acreditam que o avião caiu no mar e afundou no Oceano Pacífico.

Teorias

Contudo, várias teorias foram criadas em torno de seu desaparecimento e muitos acreditam que ela não tenha morrido na queda. Entre as principais, podem ser citadas: Earhart teria sido presa por tropas japonesas e teria sido executada após alguns anos em cativeiro; ela teria retornado aos Estados Unidos e teria vivido por muitos anos com outro nome e história.

Vez por outra aparece alguém dizendo de forma bombástica que o mistério de Amelia Earhart foi desvendado. Contudo, ao que parece, esse mistério permanecerá por anos como um ponto obscuro na biografia de Earhart e na história dos pioneiros da aviação. Desse modo e com seus feitos magníficos, a história de Amelia Earhart fascina as pessoas.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Fontes: O Acidente do Voo Varig 254

O misterioso caso do VARIG 967

O desaparecimento de Ben Padilla

Quem foi a Irmã Dulce??

Quem foi Percy Fawcett??

Fontes: Superinteressante, Amelia Earhart.com, Biography, Mental Floss, Aventuras na História