Quem inventou o rádio??

  • por

As transmissões de rádio são extremamente importantes em nossa vida. Mesmo com novos inventos e aparelhos eletrônicos, em quase todos os lares existe um rádio. Mas você já parou para pensar quem inventou o rádio??

Quem inventou o rádio??

Muitas descobertas realizadas na segunda metade do século XIX provaram a existência de ondas eletromagnéticas, as mais importantes foram realizadas por James Clerck Maxwell em 1863 e por Henrich Rudolph Hertz no ano de 1887. Tais descobertas impulsionaram as experiências que levaram a invenção do rádio.

A princípio, não existe uma unanimidade a respeito de quem inventou o rádio, mas a maioria das pessoas acreditam que o descobrimento das ondas de rádio se devem as pesquisas de um inventor da Itália, Gugliemo Marconi. Entretanto, a Suprema Corte norte-americana credita a invenção do rádio a Nikola Tesla, principalmente por Marconi ter utilizado 19 patentes de Tesla em seu projeto.

Marconi criou o seu primeiro transmissor de ondas eletromagnéticas no ano de 1896, e voltou o seu invento para a transmissão de mensagens de telégrafo sem fio.

E o Brasil??

Mas o que nem todo mundo sabe é que até mesmo o Brasil possui um candidato a ter inventado o rádio, é o padre Roberto Landell de Moura, porto alegrense, nascido no ano de 1861. Segundo os defensores dessa teoria, o padre Landell realizou transmissões entre o bairro de Medianeira, onde ficava a sua paróquia e o Morro Santa Tereza, ainda no ano de 1895, portanto, antes de Marconi.

Em resumo, para você, quem inventou o rádio?? Marconi, que oficialmente realizou a primeira transmissão de ondas eletromagnéticas com seu invento em 1896; Nikola Tesla, que possibilitou a invenção do aparelho através de seus inventos anteriores; Por outro lado, o Padre Landell de Moura, que teria realizado transmissões antes mesmo de Marconi?

Isto é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Veja também: Quem foram os reis do baralho??

Curta nossa Fanpage no Facebook!!

Fontes: História Viva, Caros Ouvintes, Klick Educação, Landell de Moura