Os testes de gás venenoso das Primeira Guerra Mundial

  • por

 

A história está recheada de relatos bizarros e de fatos aterradores sobre o comportamento humano. Alguns dos relatos que mais chamam a atenção dizem respeito a comportamentos e decisões tomadas em tempos de guerra. Assim sendo, conheça hoje a história dos testes com gás venenoso realizados nos soldados da Primeira Guerra Mundial.

Os testes com gás

Apesar de um começo conhecido por uma lealdade ímpar entre as nações em guerra e seus combatentes, havendo até mesmo confraternizações natalinas entre eles, a Primeira Guerra Mundial ficou conhecida mesmo pelo uso indiscriminado de gases tóxicos e pelo terror causado pelas nuvens de morte que eram liberadas nas trincheiras.

Mas o que poucas pessoas sabem é que um dos testes que eram realizados nos soldados que seriam enviados para as trincheiras europeias consistia em colocá-los em um quarto fechado e em seguida proceder a liberação de gases tóxicos em seu interior. Tais soldados usavam suas máscaras contra gases e o que era testado era a resistência psicológica em uma possível situação de um ataque de gás.

Aqueles que resistiam, eram enviados para as trincheiras europeias e deveriam lutar na guerra; aqueles que não resistiam, deviam ser alocados em outras funções atrás da linha de frente. O problema dessa prática era que alguns gases eram nocivos mesmo com o uso de máscara contra gases e podiam causar problemas de saúde da mesma forma. Somente depois de muitos anos de encerrado o conflito, os veteranos tiveram direito a uma compensação financeira, insuficiente para fazer frente a décadas de sofrimento infligido pelas decisões de seus comandantes à época.

E parece que as nações aliadas não aprenderam as lições com a Primeira Guerra Mundial, já que na Segunda Guerra Mundial, foram novamente realizados testes com gás mostarda em seus próprios soldados com outros fins. Contudo,  tais testes acabaram causando sequelas que os veteranos carregam até os dias de hoje.

Isso é tudo por hoje e assim sendo, até a próxima!!

Curta nossa fanpage no Facebook!!

Veja Também: 5 Bizarrices da Primeira Guerra Mundial 2

Fontes: Listverse, History Net, BBC